Nos dois primeiros dias da Labace 2012 (Latin American Business Aviation Conference & Exhibition), o movimento de pessoas surpreendeu os organizadores e os 190 expositores. Milhares de pessoas passaram pelo Aeroporto de Congonhas para conferir as novidades do mercado de aviação executiva. Alguns expositores comemoram o volume de negócios iniciados ou até mesmo concretizados.

Com 70 aeronaves expostas, o evento, que termina hoje (17/08), trouxe para os visitantes o que há de mais moderno no setor. Desde aeronaves (como um modelo monomotor) com valores a partir de 400 mil dólares, até jatos com possibilidade de ir de São Paulo a Lisboa sem escalas e com o máximo de conforto, que custam 53 milhões de dólares.

Os principais representantes da indústria aeronáutica mundial estão presentes na Labace: Embraer, Airbus, Bombardier, Gulfstream, Helibras e outros. Todos de olho no mercado brasileiro que cresceu 6,4% em tamanho de frota de 2010 para 2011. “No segmento de jatos, o crescimento do mercado nacional foi ainda maior, mais de 15% em 12 meses”, disse Eduardo Marson, presidente da ABAG (Associação Brasileira de Aviação Geral), organizadora da Labace.

Segundo ele, todos os anos, a Labace reúne em São Paulo os maiores fabricantes mundiais de aeronaves executivas, empresa de manutenção, táxi aéreo e comercialização de equipamentos, atraindo compradores, pilotos e profissionais do setor. Até às 20 horas desta sexta-feira, são esperados 16 mil visitantes para a nova edição da Labace. Os ingressos custam R$ 200,00.

Mais informações em www.abag.org.br